Devo Anunciar com Web site ou com uma Página de Captura?

Vamos descobrir todos os detalhes sobre as diferenças entre sites e oferecer um direcionamento sobre a melhor opção para a sua empresa.

Você sabe qual é a diferença entre um site institucional e uma página de conversão/landing page na hora de anunciar seus serviços médicos através do Google? Basicamente, a diferença está no intuito de uso.

Em resumo, o site institucional chama a pessoa para acessar seu conteúdo e entrar na parte interessante: o landing page, onde ele tentará oferecer algum benefício, serviço ou promoção para chamar atenção do cliente.

Entretanto, existem diversos outros fatores que no final fazem toda a diferença. Portanto, a seguir, vamos descobrir todos os detalhes sobre esse conteúdo e oferecer um direcionamento sobre a melhor opção para a sua empresa. Mas, antes vamos entender o que é um site institucional e o que é uma landing page para compreendermos suas diferenças. Vamos conferir?

O que é um site institucional?

Hoje em dia, muito se fala de mídia, internet, sites, marketing saúde etc. Dentre as opções, um site institucional pode ser uma ótima maneira de você alavancar sua empresa, independente do seu ramo. Vamos entender a fundo sobre isso.

Resumidamente, um site institucional nada mais é do que um site para dar informações sobre diversos tópicos do seu negócio. Como por exemplo, serviço, parceiros, localização, ramo, destaques, objetivos, produtos entre outros.

Deste modo, não se trata de um site dedicado à venda. Mas sim, para mostrar a sua empresa e o que ela tem a oferecer, expondo inclusive seus ideais, produtos e diferenciais. Assim, os sites institucionais, em sua maioria, são sites simples e claros, com layout interessante e que, em sua maioria, já estão customizados para induzir os clientes a entrar nesse local. Uma vez que eles são encontrados de forma mais fácil (e isso consegue trazer ótimos resultados).

Assim, o principal objetivo de um site é descrever e explicar sua organização ou empresa ou ainda fornecer aos usuários acesso a um serviço. Além disso, pode usar várias páginas conectadas através de menus de navegação e pode fornecer uma função ou serviço, como pedidos on-line, atendimento ao cliente ou acesso a pesquisas.

Normalmente, os sites são customizados para serem executados em PCs. Todavia, não é difícil lembrar que o grande aumento do uso de celular, smartphones e tablets com acesso à internet nos últimos anos – obriga – os sites a terem uma versão que se encaixe nesses dispositivos também, ou mesmo uma versão exclusiva para eles.

O que é uma landing page?

Por outro lado, as Landing Pages são páginas da web autônomas que clientes ou contatos em potencial podem acessar quando clicam em um e-mail, anúncio, publicação social ou outro local na web. Neste contexto, os profissionais da área do marketing médico (ou demais áreas) usam as landing pages para atingir objetivos específicos de curto prazo. Por exemplo, você pode criar uma landing page para promover uma oferta por tempo limitado ou vender um produto específico.

Além disso, como as Landing Pages são focadas em conversões, aumentar sua eficácia levará ao aumento da receita de uma empresa de serviços de saúde. Deste modo, a otimização da página de destino pode ajudar sua empresa a aumentar a receita, conquistar novos clientes e maximizar os orçamentos de publicidade.

Dessa maneira, o objetivo é garantir que suas páginas de destino estejam funcionando em todos os cilindros. Afinal de contas, como o tráfego que entra nas landing pages geralmente vem de fontes diferentes, as páginas de destino precisam ser otimizadas de acordo. Ou seja, uma página de conversão que anunciou um cateter ou outra ferramenta médica nas mídias sociais não pode ser a mesma que foi anunciada nos mecanismos de pesquisa.

Qual a diferença de um site institucional e uma página de captura/landing page?

Agora que já compreendemos o que são e como funcionam cada um dos termos aqui abordados, vamos entender qual é a diferença entre ambos.

Atualmente, a grande maioria das pessoas já estão conectadas com a Internet na maior parte de seus dias. Arrisco ainda a dizer que essa grande maioria não apenas está conectada, como também usufrui de diversas funcionalidades que os diversos aplicativos hoje têm a oferecer. Seja para pedir um transporte, assistir a uma série, se comunicar, pedir uma refeição, comprar suprimentos, roupas e ainda marcar consultas ou se consultar online.

Desta forma, fica evidente que ter um site é uma ferramenta poderosa. Além é claro, de possuir páginas de conversão adequadas para cada um dos objetivos desejados. Neste contexto, ambos os tipos de páginas trabalham juntas para fornecer os resultados desejados. Mas, no meio de tantas opções, como escolher a melhor?

De maneira geral, seu site institucional é um conjunto de páginas interconectadas com detalhes sobre sua empresa. Geralmente, os sites de negócios explicam o que a empresa é, faz e os produtos e serviços disponíveis. Ele também pode abrigar páginas especializadas, como seu blog comercial, uma página de login, um fórum ou uma função específica.

Por outro lado, uma página de conversão é projetada para descrever uma oferta – talvez um cupom, e-book ou uma avaliação gratuita – e incentivar os visitantes a reivindicá-la. Neste caso, embora esteja conectado ao site, ele destaca elementos essenciais focados na conversão. Ou seja, normalmente se trata de uma única página sem opção ou botões de navegação, bem como outros links. O principal objetivo de uma landing page é gerar vendas ou capturar leads.

O que é uma CTA e qual sua Importância na hora de anunciar serviços médicos na internet

Como vimos, o site institucional pode ser encontrado facilmente no Google através de uma busca simples no buscador. Já a página de conversão ou landing page precisa ser acessada através de um link que tenha sido enviado em um e-mail, CTA ou anúncio ao cliente. Mas, para acessar esse link, o usuário, normalmente, precisa de um incentivo a mais. Neste caso, destacamos a CTA ou como também é conhecida “Call To Action”.

A Call To Action nada mais é do que uma “chamada para ação” assim como sua própria tradução sugere. Atualmente, existem diversos tipos de CTAs. Mas, em geral, o objetivo principal delas é fazer com que seu público-alvo realize a ação desejada. Seja clicar em um link, fazer um download, adquirir um produto, marcar uma consulta e assim por diante.

Vale ressaltar que grandes CTAs atingem o leitor onde ele ou ela tem um “ponto de dor”. Por exemplo, suponha que seu paciente tenha uma preocupação médica urgente, como dor de dente ou dor nas articulações. A grande maioria que se encaixa neste caso, buscaria informações na internet. Deste modo, ao se deparar com um site institucional e com uma landing page que ofereça a solução para sua dor ou que atenda às suas necessidades, as chances de ele se tornar um potencial cliente são enormes.

Entretanto, escolher as CTAs certas nem sempre é fácil e infelizmente não existe uma solução única para todos. Isso porque, o que funciona para um clínico geral, por exemplo, pode não ser tão bem-sucedido para uma clínica de reabilitação. Portanto, é importante que você saiba selecionar exatamente o que irá suprir as dores de seu público-alvo.

Não sabe nem por onde começar? Entre em contato com um de nossos especialistas e nós vamos te ajudar!

Compartilhe:

Compartilhe

As melhores dicas do mundo digital para profissionais da saúde, direto no seu e-mail!

Você também vai gostar

O que é e-mail marketing?

Neste artigo vamos entender o que é o e-mail marketing, como trabalhar com essa ferramenta e obter resultados positivos para sua empresa.

Geramos milhares de oportunidades mensais para empresas e profissionais do setor da saúde

0
Anos no mercado
0 k
Anunciados mensalmente
0 k
Oportunidades Mensais

Queremos construir uma conexão pessoal com parceiros como você