Written by 11:00 am Atendimento e Gestão

Administração de uma clínica médica: Dicas para se tornar um bom gestor

Descubra as principais dicas de administração de uma clínica médica e como se tornar um gestor de sucesso.

administração de uma clínica médica

Muitos médicos, além de cuidar do paciente, também estão envolvidos na administração de uma clínica médica. No entanto, esta pode ser uma decisão desafiadora, pois administrar um negócio não é fácil e requer tempo e habilidades gerenciais específicas.

A melhor forma de se tornar um bom gestor e se encarregar pela administração de uma clínica médica é entender e colocar em prática conceitos básicos de gestão, como planejamento e análise de resultados.

Continue lendo para saber mais sobre esses conceitos. Aprenda também sobre a importância de ser um bom gestor de clínica médica e como se tornar um.

Qual a importância de um bom gestor na administração de uma clínica médica?

Ser um bom gestor na administração de uma clínica médica não é uma tarefa fácil, principalmente quando se está em outro ramo da administração. E, como qualquer negócio, os estabelecimentos de saúde também devem ser sustentáveis ​​e gerar lucro para crescer.

Isso exige que o gestor da clínica tenha conhecimentos de finanças, de marketing médico e de liderança. Desta forma é possível criar um plano estratégico seguro e acompanhar a sua implementação.

Quer saber por que e como criar um plano estratégico? Tecle aqui e confira o artigo que preparamos.

Além disso, um bom gestor de clínica tem papel fundamental na redução de perdas de materiais, controle financeiro, conquista e retenção de pacientes.

Se gerenciado com eficácia, a clínica ou consultório médico consegue reduzir custos em diversas áreas. Consequentemente, o investimento estratégico de recursos aumenta o retorno econômico.

Na prática esse profissional oferece soluções rápidas, eficazes e duradouras para a administração de uma clínica médica, porque está sempre atento às variações do mercado e da economia.

Que tal um exemplo?

Durante a pandemia, várias clínicas cancelaram as consultas devido as medidas de distanciamento social. O papel dos administradores nessa situação era encontrar a melhor forma de fornecer serviços através da Internet e divulgar essa informação.

Quais são as principais responsabilidades do gestor na administração de uma clínica médica?

O gestor de uma clínica médica ou consultório médico desempenha atividades essenciais para que o consultório se estabeleça no mercado e cresça com sucesso, lucre e leve atendimento de qualidade aos pacientes.

Abaixo listamos as principais funções da gestão e administração de uma clínica médica.

Planejar

O planejamento estratégico é o primeiro passo para uma empresa de sucesso, independente de qualquer atividade. Por meio dele, os funcionários recebem orientações sobre o que precisam fazer para atingir os objetivos da clínica.

Além disso, o planejamento é essencial para uma gestão bem-sucedida de custos e fluxo de caixa. Com todas as saídas e entradas registradas, é possível prever o recebimento dos próximos meses e verificar a viabilidade de diversos investimentos, como adquirir ferramentas para atrair novos pacientes, como por exemplo, o marketing médico.

Organizar

A organização é outro aspecto da eficiência no processo de administração de uma clínica médica ou consultório médico. Com ela, é possível:

  • Estruturar as atividades que cada funcionário deve realizar.
  • Otimizar o recrutamento de novos profissionais;
  • Melhorar o relacionamento entre as equipes.
  • Avaliar e treinar os funcionários.

Assim, o gerente pode efetivamente delegar tarefas aos funcionários e controlar seu trabalho. A partir disso, fica muito mais fácil identificar os pontos fortes e fracos dos profissionais a fim de utilizar suas competências da melhor forma possível.

Por exemplo, uma recepcionista pode ter dificuldade em lidar com pessoas, mas é muito boa com números e pode ser uma excelente funcionária no setor financeiro.

Direcionamento

Como gestor da clínica você deve instruir claramente os funcionários em suas tarefas do dia-a-dia.

Para isso é preciso ter uma visão ampla dos processos e promover o trabalho em equipe, criar uma relação de parceria e confiança entre os colaboradores. Isso é tarefa primordial entre as etapas de administração de uma clínica médica.

Controle

O direcionamento é importante, mas também é importante o controle, ou seja, o monitoramento do desempenho. Consequentemente, outro aspecto importante da gestão e administração de uma clínica médica é o acompanhamento. Dessa forma, o administrador pode saber se as tarefas estão sendo realizadas corretamente.

As principais funções relacionadas ao controle são:

  • Definir padrões de desempenho;
  • Comparar o desempenho passado com os padrões atuais;
  • Tomar ações corretivas sempre que necessário.

Todas essas ações são simplificadas com o auxílio de um sistema que ajude na gestão da clínica ou consultório médico. Isso facilita promover as informações necessárias para a tomada de decisões.

Dicas para se tornar um bom gestor de clínicas e consultórios médicos

Se você quer ser um bom gestor de clínicas e consultórios médicos, aqui vão algumas dicas básicas para uma gestão eficaz!

Clínica médica licenciada e legal

A gestão de uma clínica requer diversas tarefas burocráticas relacionadas a evitar a contaminação por agentes químicos, físicos ou biológicos, radiações ionizantes, perfurocortantes, etc.

Por isso, esteja sempre atualizado com as normas e orientações dos órgãos reguladores para evitar problemas e garantir a saúde de seus pacientes.

Configurações de métricas

Você sabia que muitos consultórios e clínicas médicas têm um grande número de clientes e pacientes, mas não conseguem sobreviver devido à má gestão?

Outro ponto crítico para a gestão de clínicas médicas é estabelecer métricas e gerar relatórios que comprovem a eficácia da adoção de melhorias no local.

Assim, os administradores podem analisar enganos e tomar decisões mais precisas para garantir a integridade dos negócios.

Gerencie suas finanças

É extremamente importante ter um fluxo de caixa organizado e claro, junto com todas as entradas e saídas da clínica. Além disso, é necessário ter controle sobre recebimentos e datas de pagamento.

Para isso, você pode contar com um bom sistema de gestão para clínicas, deixando de lado planilhas e registros em papel.

Você pode optar por aderir o Prontuário eletrônico do paciente (PEP). Saiba mais sobre o que é e quais são as vantagens em um artigo que preparamos para você. Tecle aqui.

Gerenciamento de inventário

Já pensou em receber um paciente e não ter os insumos necessários para cuidar dele? Ou pagar a mais por um determinado item porque teve que comprá-lo no último minuto?

Para evitar esse tipo de situação, é fundamental ter um bom controle de estoque. Isso significa ter um planejamento de compras eficaz, monitorar os níveis de estoque, garantir boas condições com os fornecedores e compras oportunas.

Invista em tecnologia!

Felizmente, a tecnologia existe para ajudar médicos e gestores da saúde. Já existem plataformas que podem automatizar processos e unificar dados.

Com ela é possível ter todos os controles já citados em um só lugar, facilitando a gestão e administração de uma clínica médica ou consultório médico.

Se você deseja aprofundar seus conhecimentos sobre gestão de clínicas e consultórios médicos, continue lendo nossos artigos, você irá encontrar vários materiais que irão te ajudar a se tornar um gestor de sucesso.

Dica extra: A Leadclinic desenvolveu um sistema para ajudar na administração de uma clínica médica, desde o agendamento até a leitura de todas as métricas do seu marketing médico. Com esse sistema todos os processos acabam ficando fáceis e simples.

Aproveite para falar com um de nossos especialistas agora e descobrir como podemos te ajudar a ter uma gestão nota 10, além de atrair e fidelizar mais clientes e pacientes. Tecle aqui!

Visited 8 times, 1 visit(s) today

Last modified: janeiro 24, 2023

Close
plugins premium WordPress